sexo purília pure lust orgia sexo em grupo
Pure Lust
pure lust
Festas para adultos

Lisboa e Porto

  
  
Existe um mundo onde classe, luxúria e hedonismo são muito mais do que conceitos vagos. Liberte-se de preconceitos e venha descobrir novas e arrebatadoras sensações, conhecendo e divertindo-se com outras pessoas desinibidas! 

A Pure Lust convida-o a explorar a sua sexualidade de uma forma que nunca imaginou. A desfrutar do prazer como nunca o fez! 
​​

Inscrição
pure lust
pure lust
pure lust
Anonimato
Segurança
​​Exclusividade
O anonimato é fundamental para nós! Em momento algum fazemos registo de identidades e encorajamos os nossos membros a não a revelarem a ninguém.
Afinal de contas o desconhecido é mais atractivo e reforça a sensualidade.
  
Proporcionamos um ambiente seguro, com o nosso staff sempre atento para que seja rigorosamente observado o  código de conduta.
Seleccionamos os nossos membros com recurso a critérios exigentes. Encontrará sempre pessoas elegantes, em boa forma e extremamente sensuais.
  
O que os nossos membros pensam ...
"Maria", 31 anos.
Sou uma empresária de sucesso do ramo imobiliário. Não sou casada e não tenho qualquer problema com isso.
Tenho um compromisso comigo e com a minha carreira. Mas não consigo deixar o prazer de lado.
Estas festas são a minha escapatória. O meu prazer supremo! O meu segredo mais excitante!
E eu adoro!
Adoro saber que naquelas noites vou estar com muita gente bonita, apetecível e desejável, homens e mulheres.
Adoro sentir o desejo latente envolvido em taças de champagne e bons perfumes.
Gosto de saber que tenho tudo à minha disposição envolvido em grandes doses de charme e sensualidade. Cada noite é uma noite, única e irrepetível. Sensações indescritíveis cuja recordação me faz de sorrir de prazer. E faz crescer o desejo de voltar, sempre.
São noites extraordinárias onde me divirto com quem quero e como quero. Não perco uma!
São verdadeiramente únicas!
pure lust
Pure lust
 "Carla e Joaquim" 31 e 44 anos.
Estamos casados há seis anos e eu adoro-o de morte, mas a nossa vida sexual estava muito monótona... Já tinha experimentado estar em grupo quando era solteira e tinha saudades daquelas ocasiões alucinantes onde me divertia tanto. Mas não tinha coragem de contar ao meu marido.
Curiosamente, foi ele que um dia me convidou, quase em jeito de desafio, para irmos a uma festa. Não perdemos tempo e hoje somos assíduos e vamos sempre que somos convidados.
Descobri que adoro ver o meu marido ser cobiçado por outras mulheres e adoro divertir-me com todos os homens que desejo.
Agora o nosso casamento está melhor que nunca e desfrutamos ainda melhor do tempo a dois.
E nunca mais houve monotonia!  
    
pure lust
"Rita e Fernando" 43 e 45 anos.
Somos um casal há cerca de 15 anos.
Os filhos, as carreiras muito exigentes, a monotonia de uma vida concentrada em estabilidade estavam a matar o nosso casamento.
Até que um dia, uma amiga falou-me de umas festas onde todos usavam máscara e tudo podia acontecer.
Comecei a pesquisar sozinha, a procurar saber mais e dava comigo a sonhar em poder ir a uma delas.
Um dia, ganhei coragem e falei com o meu marido.
Tive medo da reação dele mas foi a melhor.
Quando começámos a frequentar estas festas, voltamos a descobrir-nos um ao outro.
Só gostamos de sentir o ambiente e observar. Em casa e nos privados das festas desforramo-nos e adoro ter o meu marido louco de desejo!!!!



"João", 27 anos.
Os meus amigos adoram falar das suas proezas sexuais e eu adoro ouvi-los. Rio-me e mando umas bocas, mas mal eles sonham é com as minhas!
Sou membro destas festas onde tudo pode acontecer. E sempre acontece! O ambiente é espetacular e só há mulheres lindas, sensuais, poderosas. Realmente. incríveis. E os cenários de luxo tornam a realidade ainda mais parecida com um filme, onde o prazer é ilimitado! Se os meus amigos imaginassem…

Pure lust
 “Joana, Paulo e Maria”, 27, 36 e 32 anos
Conhecemo-nos numa festa. Logo que os vi achei-os muito atractivos, e pintou um clima entre as duas.
Mas confesso que fiquei sem perceber se me atraía mais a Maria ou o marido. O Paulo deve ter gostado muito da minha conversa e foi espectacular, encorajando-me a estar à vontade com a sua esposa.
Notava-se que eram muito próximos e bastante abertos. Divertimo-nos as duas sem que ele fizesse mais do que observar, manifestamente entusiasmado. Essa distância, respeitosa, mexeu comigo e deixou-me ainda mais excitada. Falei ao ouvido da Maria e ela logo o chamou para perto de nós. Foi a loucura completa. Voltamos a estas festas fabulosas e, com todas as variantes possíveis e imaginárias, dura até hoje. E só pode melhorar.